A Páscoa e o consumo de valor

Todo ano é a mesma história: a Páscoa chega, os mercados ficam repletos de ovos de chocolate e as propagandas, cada vez mais incisivas. Embora seja praticado pelos adultos, a desculpa para o consumo desses produtos é sempre a mesma: as crianças, que não poderiam passar o feriado sem os desejados ovos. Mostraremos que isso não é verdade e apresentaremos algumas alternativas para quem deseja fugir do consumismo na Páscoa.

Além do consumismo

pexels-photo-443419.jpeg

O costume dos ovos de Páscoa é pior do que parece à primeira vista: além de estimular o consumismo, autoriza a criança (e os adultos) a perder o controle e comer muito chocolate de uma só vez. É hora de pensar o que queremos ensinar às crianças: o autocontrole e respeito aos valores em todo e qualquer momento, ou a autorização para perder o controle e abusar de vez em quando?

Precisamos ter em mente que as crianças são pessoas em desenvolvimento. O que elas aprendem (ou desaprendem) hoje pode ser crucial para seu futuro como adultos. O que na infância parece apenas uma inofensiva comilança de chocolate, no futuro pode contribuir para o abuso de outras substâncias e para a relativização dos valores.

Ensine valores

pexels-photo-701014.jpeg

Os valores pessoais, essenciais na prática do consumo de valor, só têm esse status se são praticados o tempo todo. Sabemos que isso é especialmente difícil quando toda a sociedade vai na direção contrária, mas é justamente para isso que eles existem: para balizar nossas ações mesmo nas situações mais adversas e nos manter íntegros. Então aproveite que o mundo está consumindo ovos de chocolate e ensine aos seus filhos que nossos valores devem continuar inteiros mesmo quando todos os outros estão fazendo diferente. Se você pratica o consumo de valor, deve continuar praticando mesmo em épocas de alto estímulo consumista. Isso vai reforçá-lo, por exemplo, a agir com ética mesmo quando todos estão indo na direção contrária.

Crie atividades

pexels-photo.jpg

A Páscoa é uma data especial e deve sim ser comemorada. Se você faz parte de uma religião, participe das comemorações que sua igreja promover. Isso lembrará a criança de que a Páscoa tem um significado muito maior e mais significativo que o consumismo. Se você não pratica uma religião, crie atividades. Passe um dia diferente com a criança, faça um piquenique, crie brincadeiras. Mostre ao seu filho que ele pode se divertir longe do consumo.

E a família?

pexels-photo-264109.jpeg

Um grande problema que os pais enfrentam em relação ao consumismo na Páscoa é o costume dos familiares presentearem as crianças com muitos ovos. Uma opção sempre válida é a sinceridade: pedir aos familiares que não comprem chocolate para o seu filho, simples e claramente. Se por algum motivo você não quiser fazer isso, combine com seu filho de doar os ovos que ele ganhar. Mostre a ele que um ovo é suficiente para ele e que outras pessoas se sentirão felizes recebendo os demais. O acompanhe até pessoas de seu convívio e deixe que ele as presenteie. A criança certamente sentirá o prazer de dividir e reforçará mais um valor importante.

Para quem não abre mão do chocolate

pexels-photo-433478.jpeg

Se você acha que os ovos de chocolate são uma boa tradição e quer continuar com ela, pode fazê-los em casa. Fazer ovos de chocolate não é difícil e você pode inclusive seguir o tutorial que compartilhamos no nosso canal no YouTube. É uma experiência divertida e especialmente enriquecedora para as crianças darem valor ao trabalho. Se você não tem tempo ou por qualquer outro motivo se sente incapaz de fabricar um ovo de chocolate, compre de quem faz em casa. Valorize o trabalho de quem se esforça para apresentar um produto artesanal de qualidade e com personalidade.

Ou seja…

pexels-photo-947811.jpeg

O estímulo pelo consumismo é forte e está sempre presente, porém a responsabilidade por não cair em suas garras é nossa. Com um pouco de criatividade e paciência conseguimos sempre encontrar alternativas. O consumo de valor pode e deve ser ensinado às crianças, ajudando-as a crescer conscientes e menos propensas às estratégias do mercado. Façamos a nossa parte para educar nossas crianças fora do consumismo. Pratiquemos o consumo de valor.

3 comentários sobre “A Páscoa e o consumo de valor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s