A festa de casamento

Entre os mercados que mais crescem a cada ano está o de festas de casamento. Noivos que sonham com uma festa digna de cinema gastam muito dinheiro na busca pela perfeição. O romance muitas vezes é medido pelo tamanho da festa e alguns se questionam se há amor quando a união entre duas pessoas não vira um grande evento. Não há problema algum em querer comemorar o casamento em grande estilo, mas como tudo no consumo de valor, isso tem que ser feito com significado. Se você está disponível para repensar as festas de casamento, te ajudaremos a seguir.

Faz sentido para mim?

pexels-photo-265705.jpegO primeiro passo é pensar de onde veio o desejo por uma festa de casamento. Tente se lembrar desde quando você sonha com isso. Será que é uma necessidade sua ou uma ideia que você abraçou vendo filmes, desenhos, escutando a expectativa das pessoas? E se já fez sentido, hoje ainda faz?

Pense no motivo pelo qual você quer uma festa de casamento. Se o casamento é a celebração da união entre duas pessoas, o que é a festa? Sua relação matrimonial será diferente por causa disso? O que a festa significa para você? Ela certamente é um evento social, mas o que ela mostra aos outros? Será que você precisa provar alguma coisa para alguém? Ou é suficiente que você saiba que está se juntando a uma pessoa de valor e fazendo as escolhas que mais fazem sentido para as suas vidas?

Por último, reflita sobre a diferença que essa festa fará na sua vida. Além do prazer momentâneo sentido no dia, ela te proporcionará felicidade no longo prazo? Talvez no futuro ela não faça diferença nenhuma além de algumas fotos num álbum empoeirado. Ou talvez ela traga consequências negativas, como dívidas ou menos dinheiro. Será que esse dinheiro fará diferença no futuro? A reflexão séria é a única forma de saber o que faz sentido para você e, consequentemente, o que te fará feliz.

Eu posso?

business-money-pink-coins.jpgA vida em casal não é feita apenas de alegrias. Muitas vezes as despesas aumentam quando passamos a morar juntos, às vezes filhos chegam antes do previsto, e o montante que gastamos na festa de casamento pode fazer muita falta. Além disso, se o seu objetivo é poupar e construir um patrimônio, uma coisa extremamente importante que ajuda os maravilhosos juros compostos a fazerem seu trabalho é o tempo. Vejamos um exemplo:

Digamos que você tem como objetivo guardar R$1.000,00 todo mês na poupança. No final de 30 anos você terá o montante de R$776.999,11 (a uma taxa anual de 4,72%). Agora imagine que você guarda R$50.000,00 no início da vida de poupador (aqueles que você gastaria na festa de casamento) e ainda poupa os mesmos R$1.000,00 por mês: ao final dos 30 anos você teria R$1.035.179,82 com a mesma taxa.

O que queremos te mostrar com isso? Que os juros compostos atuam com o tempo e rendem mais conforme o montante sobre o qual ele atua é maior (por isso ele é maravilhoso). Dessa forma, economizando R$50.00,00 no início da nossa vida de poupadores não garantimos apenas R$50.000,00 a mais depois de 30 anos, mas a incrível quantia de R$258.180,71! Como mostramos, essa quantia fará toda a diferença para conquistar ou não seu primeiro milhão em 30 anos e prover uma vida de tranquilidade para você e a sua família.

Por que gastar muito?

pexels-photo-290316.jpegSe depois de toda essa análise você chegar à conclusão de que realmente precisa de uma festa, vá fundo! O consumo de valor é sobre consumir o que faz sentido para nós, lembra? Mas pense na quantia que você precisa gastar nessa festa. Por que ela precisa parecer coisa de cinema? Pense se isso é consumo de valor ou ostentação. O objetivo é comemorar com as pessoas queridas ou mostrar que você tem dinheiro?

Não importa o motivo pelo qual você precisa de uma festa de casamento, dificilmente ela precisa ser muito cara. Com um pouco de criatividade e lembrando-se do real significado do casamento, qualquer um tem a chance de comemorar com os entes queridos sem gastar muito dinheiro.

Ou seja…

pexels-photo-219776.jpegO objetivo do casamento é a união entre duas pessoas. Este é um momento íntimo que pode sim ser compartilhado com outras pessoas, mas não precisa ser mais um consumo sem significado real. Lembrando de quem somos e do que faz sentido para nós, fazemos as melhores escolhas para nós, levando em consideração a nossa felicidade atual e futura.

Um comentário sobre “A festa de casamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s